21.5 C
Brasília
21/10/2021
InícioNotíciasBrasilÁudio revela que Davi Alcolumbre combinou com Presidente do TRE/AP pagar funcionária...

Áudio revela que Davi Alcolumbre combinou com Presidente do TRE/AP pagar funcionária fantasma

“A Liana vai ganhar R$ 8.000, só que vai descontar 27,5%. Aí, quando tu coloca na máquina, dá R$ 6.000, quando tu desconta, é o que tu recebe”, falou Davi Alcolumbre na gravação.

Em 2013, ex-Presidente do Senado teria acertado bancar um “auxílio” para servidora que precisou ser demitida do tribunal sob a acusação de ter um relacionamento com desembargador.

A Revista Veja obteve um áudio, que seria de 2013, no qual o senador Davi Alcolumbre (DEM/AP), ex-presidente da casa e à época deputado federal, combina com o desembargador Gilberto Pinheiro, hoje Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE/AP), o pagamento de um salário de R$ 5 mil a Tatielle Pereira de Castro, que trabalhou no Tribunal de Justiça do estado, mas que precisou ser demitida por conta de rumores de um relacionamento amoroso com o magistrado. De acordo com a reportagem, Pinheiro não fazia parte do TRE na ocasião, despachando apenas no TJ/AP, local no qual a esposa de Alcolumbre também trabalhava.

Tatielle: “Nunca recebi dinheiro algum”
Tatielle: “Nunca recebi dinheiro algum”

Não fica claro no diálogo se Tatielle receberia os valores da verba de gabinete do então deputado, como funcionária, ou se o próprio Alcolumbre pagaria de seu bolso a quantia, que também envolveria férias, 13° salário e a compra de um carro. O fato é que a mulher acusada de ter uma relação com Pinheiro não precisaria trabalhar e o montante, que deveria ser pago por dois anos, serviria como uma espécie de seguro-desemprego.

Na conversa, o ex-presidente do Senado argumenta que o valor era similar ao que sua esposa recebia como funcionária do TJ/AP, embora seja difícil estabelecer uma conexão entre essa informação e o acerto que garantiria a “pensão” provisória a Tatielle Pereira de Castro.

Pinheiro: O desembargador pediu ao senador uma mesada e um carro para a ex-funcionária – TRE/AP
Pinheiro: O desembargador pediu ao senador uma mesada e um carro para a ex-funcionária – TRE/AP

“A Liana vai ganhar R$ 8.000, só que vai descontar 27,5%. Aí, quando tu coloca na máquina, dá R$ 6.000, quando tu desconta, é o que tu recebe”, falou Davi Alcolumbre na gravação.

Ouça o áudio: Escute o áudio

Davi Alcolumbre: Relações impróprias, nepotismo e mau uso do dinheiro público
Davi Alcolumbre: Relações impróprias, nepotismo e mau uso do dinheiro público

Fonte: Com informações da Forum

Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
Mandando bala na notícia, informando e detonando de uma forma que você nunca viu! Obrigado por acessar nosso blog!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -