19.5 C
Brasília
28/02/2024
InícioNotíciasBrasilCâmara banca imóvel, com dinheiro público, até para quem não é deputado

Câmara banca imóvel, com dinheiro público, até para quem não é deputado

Desde o início da Legislatura, em fevereiro, o auxílio-moradia das excelências já custou R$ 5,1 milhões ao pagador de impostos brasileiro.

Os disputados apartamentos funcionais da Câmara dos Deputados têm 17 inquilinos que não são “da Casa”: Seis ministros e 11 senadores que têm guarida garantida em um dos 432 apartamentos divididos em quatro superquadras de Brasília. Deputados alçados ao posto de ministro não abrem mão dos espaçosos imóveis; é o caso de André Fufuca (Esporte), Alexandre Padilha (Relações Institucionais), Celso Sabino (Turismo), Paulo Teixeira (Des. Agrário) e Silvio Costa Filho (Portos e Aeroportos).

Vai ficando

Atuais senadores, Wellington Fagundes (PL/MT), Efraim Filho (UB/PB), Davi Alcolumbre (UB/AP) e Romário (PL/RJ) desde 2015 lotam os apês.

Sem aperto

Quem não tem um funcional para chamar de seu ganha R$ 4,2 mil de auxílio-moradia e pode complementar com mais R$ 4,1 mil do cotão.

Boquinha

Dos 513 deputados federais, só 35 renunciaram aos imóveis funcionais e ao auxílio-moradia. Todos os oito parlamentares do DF estão na lista.

Por nossa conta

Desde o início da Legislatura, em fevereiro, o auxílio-moradia das excelências já custou R$ 5,1 milhões ao pagador de impostos brasileiro.

Fonte: Diário do Poder

Redação
Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários. Obrigado por acessar o portal!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -