13.5 C
Brasília
28/06/2022
InícioNotíciasBrasilChilique contra Ministro Kássio Nunes Marques tem forte odor político

Chilique contra Ministro Kássio Nunes Marques tem forte odor político

Marques apontou que Francischini foi cassado por razão “longe de ser pacífica na época, já que até hoje o tema é agitado no mundo inteiro”.

Decisão de Nunes Marques é semelhante a muitas outras, dos demais ministros, anulando ou reformulando decisões de tribunais superiores. A diferença é que beneficiou um bolsonarista.

Ao devolver o mandato do deputado estadual paranaense Fernando Francischini, o ministro Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), em nada extrapolou sua competência. Muito pelo contrário. A decisão monocrática foi semelhante a muitas outras, dos demais ministros, anulando ou reformulando decisões de tribunais superiores. A diferença é que desta vez beneficiou um político bolsonarista e isso parece imperdoável. Além de tudo, ele fundamentou bem sua decisão.

Não era ‘crime’

Quando o então deputado federal Francischini falou mal da urna, no dia da eleição de 2018, não havia lei ou regra que o impedisse.

Direitos ignorados

Além de não ofender a legislação, Francischini era protegido pela imunidade parlamentar e pelo direito constitucional à livre expressão.

Retroagiu para prejudicar

Marques apontou que Francischini foi cassado por razão “longe de ser pacífica na época, já que até hoje o tema é agitado no mundo inteiro”.

Votos no lixo

Francischini foi o deputado estadual mais votado da História do Paraná, mas o TSE decidiu jogar no lixo seus 427.749 votos… Bolsonaristas.

Empate entre Lula e Bolsonaro repete 2018

A pesquisa espontânea que mostrou empate entre Lula e Bolsonaro caiu como uma bomba entre coordenadores da campanha do petista, que lembraram cenário parecido em 2018, quando também em junho, Bolsonaro apareceu pela primeira vez à frente do petista. A diferença que ligou o alerta é que em 2018 Lula era carta fora do baralho e hoje está em campanha e tem tanta exposição quanto Bolsonaro na mídia.

Relembrar

Pesquisa Datafolha divulgada em 10 de junho de 2018 teve destaque por, pela primeira vez, mostrar Bolsonaro com 12% contra 10% de Lula

No caminho

O temor dos petistas é que se realize a previsão do presidente Arthur Lira (Câmara). Em maio, ele disse que a virada seria até o fim de junho.

Alguém erra feio

Após o suicídio de Getúlio Vargas, em 1954, o vice Café Filho assumiu e logo nos primeiros dias chamou o amigo Rubem Braga: “Preciso de você!” O brilhante cronista respondeu: “Café, você virou presidente, está bem empregado, a vida arrumada. Quem precisa sou eu. Estou duro, desempregado, precisando trabalhar.” Ganhou o emprego de adido cultural à embaixada do Brasil em Santiago.

Curvas da política

Ao se desfiliar em dezembro de 2021 do PSB, partido do vice Alckmin, o ministro aposentado do STF Joaquim Barbosa acabou por poupar Lula do constrangimento de dividir palanque com o algoz do PT, no Mensalão.

Sentença se cumpre

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP/AL), mostrou como se comporta um aliado: ontem mesmo, determinou que o deputado ex-cassado pelo TSE Valdevan Noventa (PL/SE) reassumisse o mandato de imediato.

Vergonha, Senado

O ritmo no Senado varia: a indicação do STF de Jayme de Oliveira Neto para o Conselho Nacional do Ministério Público foi aprovada após dois meses e meio. Já embaixadora para o Caribe esperou um ano e meio.

Junho de campanha

É realizada até 17 de julho a sessão legislativa no primeiro semestre do ano, segundo o artigo 57 da Constituição. Em ano eleitoral, entretanto, o “recesso” começa já neste mês, com as festas juninas.

Errar é instituto

Em setembro de 2021, pesquisas indicavam que socialistas dominariam as eleições municipais de Portugal. Erro feio: conservadores derrotaram o PS inclusive em Lisboa e Porto, as maiores cidades do país.

Explicação devida

O ministro da Defesa, general Paulo Sérgio, comparece nesta quarta (8) à audiência pública de duas comissões da Câmara dos Deputados para explicar a compra de 11 milhões de comprimidos Viagra pela Marinha.

Primeiro aqui

Em 4 de junho de 1992, líderes e representantes de 180 países se reuniam no Rio de Janeiro para o início da Eco-92, a primeira reunião sobre o clima dos membros das Nações Unidas (ONU).

Manchete, 39

A Rede Manchete de Televisão ia ao ar pela primeira vez em 5 de junho, há 39 anos. E já começava com problemas técnicos; no som do discurso do fundador Adolpho Bloch, que teve de ser rebobinado e reiniciado.

Pensando bem

Shows estão autorizados no Brasil somente para canhotos e adoradores das tetas da Lei Rouanet.

Fonte: Diário do Poder

Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
Mandando bala na notícia, informando e detonando de uma forma que você nunca viu! Obrigado por acessar nosso blog!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -