16.5 C
Brasília
20/05/2024
InícioNotíciasBrasilCirúrgico, Caio Coppolla aponta a consagração do arbítrio e faz a CNN...

Cirúrgico, Caio Coppolla aponta a consagração do arbítrio e faz a CNN vergonhosamente ‘engatar ré’ (Veja o vídeo)

“Óbvio que não. A decisão do TSE pela cassação do mandato parlamentar do doutor Dallagnol representa assim, a negação do direito e a consagração do arbítrio. Salta aos olhos, aliás, que a decisão tenha sido unânime. Os sete ministros participaram desse absurdo. E aqui é impossível não se lembrar da máxima provocativa de Nelson Rodrigues: Toda a unanimidade é burra!”.

O jovem e pragmático comentarista político Caio Coppolla, fez um comentário devastador na CNN sobre a suspeitíssima cassação do mandato de Deltan Dallagnol.

Provocado pela apresentadora, que questionou se Deltan Dallagnol havia driblado a Lei da Ficha Limpa, Copolla meteu logo uma voadora:

“Óbvio que não. A decisão do TSE pela cassação do mandato parlamentar do doutor Dallagnol representa assim, a negação do direito e a consagração do arbítrio. Salta aos olhos, aliás, que a decisão tenha sido unânime. Os sete ministros participaram desse absurdo. E aqui é impossível não se lembrar da máxima provocativa de Nelson Rodrigues: Toda a unanimidade é burra!”.

Veja vídeo TSE, posse de Lula:

E Coppolla continuou quebrando tudo:

“Pouco importa esse consenso injustificável entre os doutos ministros. Margareth Thatcher, essa sim uma democrata com espírito republicano, nos ensinou que uma maioria não tem o poder de tornar o errado, certo. A decisão do TSE desrespeita a lei, viola a democracia e atropela a vontade popular. Provando que no Brasil o poder não emana mais do povo, mas sim dos tribunais.

Num país em que assediadores, corruptos e até assassinos mantém as suas cadeiras no Congresso. O Deltan Dallagnol perde seu mandato por uma hipótese, uma conjectura, uma fantasia da cabeça imaginativa dos ministros do TSE. Segundo eles o ex-procurador deixou o cargo para não responder a procedimentos administrativos.

  • Quem disse?
  • Cadê as provas?
  • Alguém por acaso visitou os pensamentos do deputado?

É claro que não, mas o TSE entendeu que existia essa possibilidade e que isso bastava para ignorar o resultado das urnas. É um tremendo absurdo, Deltan Dallagnol não se exonerou para escapar da lei da ficha limpa, ele se exonerou para viabilizar a sua candidatura.”

Depois desse depoimento arrasador, a CNN se viu obrigada a engatar uma ré com o carro em movimento e, sem jeito, se desculpou pelas palavras de Coppolla.

A verdade é que a CNN tenta se passar como pluralista e independente, quando joga totalmente no time do ‘Sistema’. Caio Coppolla brilhou.

A CNN fez o papelão de sempre. Por essa e outras a emissora amarga péssimos números de audiência.

Veja o vídeo com caio Coppolla:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Redação
Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários. Obrigado por acessar o portal!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -