11.5 C
Brasília
29/05/2022
InícioNotíciasBrasilDeputado José Medeiros (PODEMOS/MT) acusa Ministro do STF Luís Roberto Barroso de...

Deputado José Medeiros (PODEMOS/MT) acusa Ministro do STF Luís Roberto Barroso de espalhar ‘Fake News’

O cancelamento do jantar de pré-candidatos a presidente de “terceira via” mostra a dificuldade de diálogo. A maioria não tem votos, mas não perde a soberba: só se animam com aliança se forem cabeça de chapa.

O Ministro do STF Luís Roberto Barroso agora é acusado de disseminar “fake news”, por ter acusado as Forças Armadas de serem “orientadas” a desacreditar o sistema eleitoral. A acusação sem provas valeu nota de repúdio do general Paulo Sérgio, Ministro da Defesa, para quem Barroso foi “irresponsável”, e a acusação de espalhar notícias falsas. “Não é a primeira vez que o ministro incorre em fake news para manipular a opinião pública”, diz sem rodeios o deputado José Medeiros (PODEMOS/MT).

Voto em cédula fake

“No debate sobre as urnas, ele dizia que era a volta ao voto em cédula”, lembra o deputado, referindo-se a fake news sobre votação eletrônica.

‘Parece militante’

“Ele destila ódio de madrasta contra o presidente”, afirma Medeiros. “Já não se posta mais como ministro e sim como um militante”, ataca.

Sem comentários

A coluna entrou em contato com o ministro, por meio da sua assessoria, mas até o fechamento da edição ele não comentou as acusações.

Nos olhos dos outros

Por ironia do destino, Barroso tem sido dos ministros que mais se empenham no combate à disseminação de notícias falsas.

Austrália denuncia ‘corrupção’ e ‘controle’ da JBS

Tradicional programa de jornalismo investigativo da TV australiana ABC, o Four Corners denunciou a empresa brasileira JBS, conhecida das páginas policiais no Brasil, enrolada num dos maiores esquemas de corrupção já revelados ao mundo. O programa explica que, apesar de muitos consumidores não conhecerem a JBS e suas “escandalosas práticas corporativas”, compram seus produtos nos supermercados.

Revelação

A liberdade para expansão de empresa “ligada a tantos escândalos” é criticada por entrevistados. “Será uma surpresa para os espectadores”.

Conhecimento de causa

Deputada dos EUA que investigou a empresa alerta sobre “corrupção, poluição e atividade ilegais” da JBS. “Tenham cuidado, Austrália”, diz.

Sabem o que fazem

No ar desde 1961, o Four Corners é uma espécie de ‘60 Minutes’ da televisão australiana. Um “Globo Repórter” de temas sérios.

Soberba faz mal

O cancelamento do jantar de pré-candidatos a presidente de “terceira via” mostra a dificuldade de diálogo. A maioria não tem votos, mas não perde a soberba: só se animam com aliança se forem cabeça de chapa.

Regularidade

O tempo passa, o tempo voa, e o desempenho de Lula não muda, à volta de 40% nas pesquisas. É provável que a campanha altere o percentual para menos, mas ainda assim sua presença no 2º turno está garantida.

Proselitismo

Ministros do STF têm feito palestras, no Brasil e lá fora, para falar mal do atual presidente, com frequência de fazer inveja ao ex-corrupto Lula. A próxima tribuna está reserva a Alexandre de Moraes, no próximo dia 29.

‘Valha-nos, Deus’

De acordo com notícia plantada ontem em alguns veículos, procuradores “avaliam” questionar o Twitter, após a venda da empresa por US$ 44 bilhões. Elon Musk deve ter perdido a noite de sono.

Trabalho, finalmente

Além do ‘esforço concentrado’ do Senado esta semana, está marcada para quinta-feira a sessão conjunta do Congresso Nacional para analisar 24 vetos do presidente Jair Bolsonaro. Vinte deles trancam a pauta.

Inimigos eleitos

O PCO (causa operária) criticou a eleição de Emmanuel Macron, na França. Para o partido de esquerda, “tanto Biden, quanto Macron, quanto a terceira via representam os piores inimigos dos trabalhadores”.

Fracasso retumbante

O CNN+, serviço de streaming da CNN dos EUA, torrou US$ 500 milhões para seu lançamento, que resultou em tremendo fracasso. Com apenas 10 mil assinantes, a empresa fechou menos de um mês depois.

Quatro doses

O Brasil já aplicou mais de um milhão de “segundas doses de reforço”, segundo dados do painel Vacinômetro COVID 19, do Ministério da Saúde. A maior parte delas são quartas doses do imunizante.

Pensando bem

Quem com fake news fere, com fake news será ferido.

Fonte: Diário do Poder

Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
Mandando bala na notícia, informando e detonando de uma forma que você nunca viu! Obrigado por acessar nosso blog!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -