26.5 C
Brasília
03/08/2021
InícioNotíciasBrasilEsquerda feriu direitos humanos e, por isso, não suporta Damares

Esquerda feriu direitos humanos e, por isso, não suporta Damares

Por J.R Guzzo / [email protected]

PT e seus satélites roubaram o Tesouro sem parar por 14 anos e não aceitam que se fale no combate à corrupção

A Ministra Damares Alves, falando na sessão inaugural da Assembleia Geral da ONU em Genebra, dias atrás, disse uma dessas coisas que vive dizendo e provocam, cada vez mais, um rosário de ataques apaixonadamente irritados.

Essa barragem vem de gente da oposição ou do lado que não suporta o governo em geral e ela, Damares, em particular.

Damares deixa reunião da ONU em protesto à Venezuela

A ministra da Mulher e dos Direitos Humanos, em reunião que debatia esse tema, disse que a corrupção é, sim, uma forma grave de violação dos direitos humanos.

Há um “vínculo inegável” entre as duas coisas, disse ela se você rouba o dinheiro público, vão obviamente faltar esses recursos que foram roubados no total que o Estado gasta em seus serviços sociais. Isso afeta diretamente os direitos dos mais pobres, que são os principais receptores do “orçamento social”. Direitos humanos na veia, no caso.

Ferida grave

A questão é uma só: Os governos do PT e de seus satélites na esquerda feriram gravemente os direitos humanos no Brasil durante os catorze anos em que roubaram sem parar o Tesouro e as estatais, em parceria com as empreiteiras de obras, fornecedores do poder público e empresários bandidos.

Não aceitam, por isso mesmo, que ninguém toque na questão. É um assunto do qual simplesmente não se fala, no mundo político, na mídia e em qualquer outro lugar – e não se admite, obviamente, que ninguém fale.

Mas a ministra Damares fala e, pelo jeito, vai continuar falando. Vai continuar irritando cada vez mais.

*Este texto representa as opiniões e ideias do autor.

Fonte: Metrópoles

Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
Mandando bala na notícia, informando e detonando de uma forma que você nunca viu! Obrigado por acessar nosso blog!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -