21.5 C
Brasília
21/09/2021
InícioNotíciasBrasil “Japonês da Federal” perde cargo na PF por facilitar contrabando na fronteira

 “Japonês da Federal” perde cargo na PF por facilitar contrabando na fronteira

Famoso pelas aparições ao lado dos presos mais notáveis da Operação Lava Jato, o ex-agente da Polícia Federal (PF) Newton Ishii, o Japonês da Federal,  foi condenado por facilitação de contrabando pela fronteira Brasil-Paraguai, em Foz do Iguaçu.

De acordo com o juiz Sérgio Luis Ruivo Marques, da 1ª Vara da Justiça Federal de Foz do Iguaçu, a conduta de Ishii foi de “extrema gravidade, com afronta direta a dignidade da função pública por ele exercida”.

A ação aponta que ele se “escondeu por trás do aparato institucional voltado ao combate do crime na fronteira, para facilitar o contrabando/descaminho, o que impede que o agente, após tal fato, prossiga atuando como agente policial”.

A multa de R$ 200 mil reais foi calculada a partir do valor de 40 vezes a média da renda autodeclarada por ele. O valor da condenação será atualizado monetariamente pelo INPC e sofrerá a incidência de juros moratórios, no patamar de 1% ao mês.

Além deste imbróglio, em 2009, o “Japonês da Federal” foi condenado por corrupção e descaminho por supostamente facilitar entrada de produtos contrabandeados do Paraguai.

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) chegou a referendar a decisão de primeira instância, rejeitando recurso do acusado.

Com a imagem muitas vezes atrelada às ações da Lava Jato, Ishii chegou a inspirar marchinhas e máscaras no Carnaval de 2016.

“Ai meu Deus, me dei mal, bateu na minha porta o Japonês da Federal”, diz a música.

Fonte: Radar DF

Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
Mandando bala na notícia, informando e detonando de uma forma que você nunca viu! Obrigado por acessar nosso blog!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -