24.5 C
Brasília
28/05/2022
InícioNotíciasBrasilPresidente Bolsonaro afirma em discurso que deve lealdade aos apoiadores

Presidente Bolsonaro afirma em discurso que deve lealdade aos apoiadores

Assim como em Brasília, na Paulista, apoiadores exibem cartazes com os dizeres “Impeachment de Alexandre de Moraes, ministro da Corte já”, “Fora, Xandão”, em alusão ao nome do magistrado, e “Tribunal Superior Eleitoral é um partido político inimigo do Brasil”.

‘Venceremos porque o bem sempre vence o mal’, disse o presidente

O Presidente Jair Bolsonaro (PL) gravou um vídeo exibido a apoiadores que se concentram, na tarde deste domingo, 1º, na Avenida Paulista.

No vídeo, Bolsonaro afirmou que deve lealdade aos apoiadores e que tem um “governo que acredita em Deus, respeita as autoridades, defende a família e deve lealdade a seu povo”.

“Uma satisfação muito grande poder cumprimenta-los nessa manifestação pacífica em defesa da constituição, da família e da liberdade. Devo lealdade a todos vocês, temos um governo que acredita em Deus, respeita os seus militares, defende a família e deve lealdade ao seu povo”, disse.

A transmissão da fala do presidente foi feita por um telão disponibilizado pelo movimento “Nas Ruas”, do empresário Tomé Abduch.

“Agradeço ao criador pela minha vida e a todos vocês por terem acreditado e terem me ofertado essa missão de conduzir o destino do Brasil. Venceremos porque o bem sempre vence o mal. Muito obrigado a todos vocês. Deus, pátria, família”, disse o presidente.

Após a manifestação, Abduch disse que Bolsonaro “está dando a vida por todos nós” e que os apoiadores se mobilizaram no Dia do Trabalho para demonstrar apoio ao que chamou de “decreto constitucional” concedido na quinta-feira, 21, ao deputado federal Daniel Silveira (PTB/RJ), condenado a 8 anos e 9 meses de prisão pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por ataques às instituições e aos ministros da Corte.

Assim como em Brasília, na Paulista, apoiadores exibem cartazes com os dizeres “Impeachment de Alexandre de Moraes, ministro da Corte já”, “Fora, Xandão”, em alusão ao nome do magistrado, e “Tribunal Superior Eleitoral é um partido político inimigo do Brasil”.

Na manhã deste domingo, Bolsonaro cumprimentou apoiadores que estavam concentrados próximos à Esplanada dos Ministérios e voltou ao Palácio do Planalto sem discursar.

Fonte: Diário do Poder

Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
Mandando bala na notícia, informando e detonando de uma forma que você nunca viu! Obrigado por acessar nosso blog!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -