22.5 C
Brasília
28/05/2022
InícioNotíciasBrasilSob censura prévia ilegal, jornalista é alvo de intimidação em Manaus

Sob censura prévia ilegal, jornalista é alvo de intimidação em Manaus

O próprio jornalista, conhecido pela coragem e independência, gravou em vídeo o momento em que interpelou a oficial de justiça sobre a sua atuação abusiva. A funcionária não oferece qualquer explicação para tentativa de intimidação.

Senador obteve decisões judiciais que proíbem jornalista de citar seu nome

O jornalista Ronaldo Tiradentes, de Manaus, foi vítima nesta segunda-feira (31) de mais uma tentativa de intimidação cuja origem ele identifica o senador Eduardo Braga (MDB/AM), ao ser notificado mais uma medida judicial, que o político obtém com impressionante facilidade.

A oficial de justiça designada para entregar uma intimação ao jornalista se fez acompanhar de dois policiais, muito embora não estivesse previsto o acompanhamento de força policial na notificação.

A oficial de justiça o procurou acompanhada ostensivamente de policiais na residência e no seu local de trabalho de Tiradentes, segundo ele, apenas com o objetivo de intimidar.

O próprio jornalista, conhecido pela coragem e independência, gravou em vídeo o momento em que interpelou a oficial de justiça sobre a sua atuação abusiva. A funcionária não oferece qualquer explicação para tentativa de intimidação.

A censura prévia é considerada abusiva até por ofender os dispositivos da Constituição que asseguram a liberdade de expressão e pensamento no país.

Tiradentes: Coragem e independência.
Tiradentes: Coragem e independência.

Censurado pela Justiça amazonense

Ronaldo Tiradentes e seus veículos de comunicação estão sob censura imposta pela justiça amazonense, composta em grande parte por magistrados nomeados por Eduardo Braga, quando foi governador, ou por seus aliados políticos. Em nota, a própria vítima da censura descreveu a situação absurda da decisão judicial que “impede a Rede Tiradentes, inclusive de mencionar fatos que encontram-se em destaque nos principais veículos da grande imprensa brasileira.” Tiradentes explica que “aquilo que é permitido em qualquer jornal, TV e portais de noticias do pais, está temporariamente suspenso no Amazonas”.

De acordo com a decisão, ele está proibido de mencionar o nome do senador Eduardo Braga (MDB/AM) em qualquer reportagem. Alvo frequentes de citações em investigações da Polícia Federal, o senador está blindado de notícias produzidas por Tiradentes e seus veículos de comunicação.

Mais cedo, a oficial de Justiça foi à emissora levando a PM que a notificação não previa.
Mais cedo, a oficial de Justiça foi à emissora levando a PM que a notificação não previa.

Alô, Abert; Alô, ABI; alô CNJ

O Jornalista divulgou nota em que informa detalhes da perseguição movida contra ele pelo político, com o auxílio de decisões judiciais. Lei a nota na íntegra:

“A Rede Tiradentes de Rádio e Televisão Ltda informa aos seus ouvintes e telespectadores, que está sob censura prévia imposta pela Justiça Amazonense.

Em respeito às decisões judiciais, a Rede Tiradentes – único veículo de comunicação censurado no Brasil – deixará de noticiar fatos relacionados ao controvertido senador Eduardo Braga, inclusive sobre fatos de amplo conhecimento nacional, que até hoje impactam a vida dos amazonenses.

A decisão judicial em vigor impede a Rede Tiradentes, inclusive de mencionar fatos que encontram-se em destaque nos principais veículos da grande imprensa brasileira. Aquilo que é permitido em qualquer jornal, TV e portais de noticias do pais, está temporariamente suspenso no Amazonas.

A Rede Tiradentes levará a gravíssima e delicada situação de censura ao conhecimento da Associação Brasileira de Imprensa – ABI, Associação Brasileira de Emissoras de Radio e Televisão – ABERT, Federação Nacional dos Jornalistas e todas as entidades que defendem o Estado Democrático de Direito.

Informa ainda que buscará as medidas judiciais para restabelecer o exercício do direito de livre manifestação, consagrado na Constituição Brasileira.”

Veja o momento em que o jornalista interpela a oficial de justiça por sua atitude abusiva:

Fonte: Diário do Poder

Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
Mandando bala na notícia, informando e detonando de uma forma que você nunca viu! Obrigado por acessar nosso blog!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -