15.5 C
Brasília
24/07/2024
InícioNotíciasBrasilVillas Bôas atesta falta de moral da Noruega para criticar o Brasil...

Villas Bôas atesta falta de moral da Noruega para criticar o Brasil na área ambiental

Colunista Cláudio Humberto, do ‘Diário do Poder’, tem destacado a hipocrisia norueguesa

O general Eduardo Villas Bôas, ex-comandante do Exército e assessor especial do Gabinete de Segurança Institucional do Planalto, é a primeira autoridade a chamar a atenção para o fato de a Noruega não ter autoridade moral para criticar as ações do Brasil na área ambiental. Essa avaliação tem sido feita reiteradas vezes pelo colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

As declarações de Villas-Boas foram feitas na noite desta segunda-feira (5), durante a palestra “Intérpretes do pensamento estratégico militar”, no Instituto Histórico e Geográfido do Distrito Federal, em Brasília, que realizou ao lado do general Alberto Cardoso, ex-minstro-chefe do GSI no governo de Fernado Henrique Cardoso. Ambos estão na reserva.

“É curioso que países como a Noruega se considerem com autoridade moral de apontar o dedo para o Brasil”, afirmou Villas-Boas, lembrando que a Noruega está entre os três países do mundo que pescam baleia. “É o único país do mundo que explora petróleo dentro do Círculo Polar Ártico”, disse, “e dona de 30% daquela empresa que provocou criminosamente o derramamento de metais pesados no Pará”.

 “Porque doou R$1 bilhão para o Fundo Amazônia, a Noruega se acha com autoridade de se intrometer nos assuntos internos”, ironizou o assessor esoecial do GSI.

Villas-Boas e Cardoso concordaram que o Estado brasileiro está sendo alvo de um ataque indireto de nações estrangeiras que utilizam o discurso pela preservação da Amazônia em favor de seus interesses pelas riquezas do país.

O ex-comandante do Exército também teme que a assinatura do acordo comercial entre Mercosul e União Europeia desencadeie uma “ofensiva” ambientalista contra o Brasil.

Fonte: Diário do Poder

Redação
Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários. Obrigado por acessar o portal!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -