25.5 C
Brasília
04/08/2021
InícioNotíciasBrasilVitor Hugo pede “pressão popular” por carteira estudantil digital

Vitor Hugo pede “pressão popular” por carteira estudantil digital

Por Eumano Silva

Sem apoio do Congresso a MP, líder do governo usa Twitter para chamar mobilização por documento feito para enfraquecer movimento estudantil

O governo jogou a toalha na tramitação da Medida Provisória 895/19, de setembro do ano passado, editada para criar a carteira estudantil gratuita em formato digital. No formato planejado, a ID Estudantil seria emitida por aplicativo de celular das lojas virtuais Google Play e Apple Store.

Como o Congresso ignorou a MP, o líder do governo na Câmara, Vitor Hugo (PSL/GO), usou o Twitter neste fim se semana para reconhecer o fracasso. “Infelizmente, a MP carteira estudantil e a publicação dos atos vão caducar, As comissões mistas nem foram instaladas. A pressão tem que ser popular”, escreveu o deputado.

Infelizmente, as MP carteira estudantil e publicação dos atos irão caducar. As comissões mistas nem foram instaladas d vdd. A pressão tem q ser popular.. as 2 MP são justas.. boas p País.. mas não ganharam ressonância lá dentro.. passam a ser assunto meu dps comissões mistas..

Vitor Hugo (@MajorVitorHugo) February 9, 2020

A MP perde a validade dia 16 de fevereiro. Diante do evidente falta de apoio à MP, o ministro da Educação, Abraham Weintraub adiantou que vai tentar aprovar a nova carteira com a apresentação de um projeto de lei. A insistência tem uma explicação política.

Weintraub quer criar a ID do governo para retirar uma fonte de financiamento das entidades representativa dos estudantes. Nada que tenha a ver com a melhora do ensino no Brasil.

Fonte: Metrópoles

Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
Mandando bala na notícia, informando e detonando de uma forma que você nunca viu! Obrigado por acessar nosso blog!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -