19.2 C
Brasília
08/08/2022
InícioPolíticaCLDFJustificar o injustificável, o absurdo dos absurdos na porta do TSE

Justificar o injustificável, o absurdo dos absurdos na porta do TSE

O absurdo dos absurdos na porta do TSE

Hoje às 19 horas vai ser feito a diplomação dos candidatos eleitos em 2018, porém uma questão que não quer se calar é o caso do PTB/DF, que foi um verdadeiro escândalo e uma tremenda falta de responsabilidade de todos integrantes do PTB/DF em não ter feito no prazo hábil a filiação de 31 candidatos e o TRE/DF indeferiu, em 17 de setembro, a candidatura de 31 nomes da legenda, porém, eles informaram que o sistema ‘Filiaweb’ estava com problemas, mais nenhum partido teve o problema com suas filiações, somente as filiações dos 31 candidatos ao pleito de 2018 do PTB/DF não conseguiram suas filiações, e aí?

“De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE/DF), o partido não teria realizado as filiações no prazo definido por lei, impedindo seus membros de concorrem no pleito de outubro!” 

De quem é a culpa? Quem vai pagar o pato? Quem foi o culpado ou irresponsável por este fato? Na verdade, ninguém! Pois o TSE – Tribunal Superior Eleitoral, órgão máximo na questão eleitoral no Brasil trabalha com prazos, datas, e dentro deste assunto não houve em nenhum momento por parte do PTB/DF, dentre estes prazos para justificar o tal erro, até junho se poderia fazer alguma reivindicação junto ao órgão, porém o PTB/DF só se deu conta já em Julho para correr atrás do erro e da irresponsabilidade cometida por todos do partido, digo exatamente isso, todos!

Agora depois do leite derramado, da galinha morta e dos prejuízos expostos na caminhada da eleição 2018 é que se chora na porta do TSE para justificar um erro que não existe, erro este que o TSE já sabe que foi falta de responsabilidade e profissionalismo, pois, em contato com diversos advogados eleitorais quando o ‘Filiaweb’ tem algum problema, ainda existe a possibilidade de se levar via documento ao TRE e fazer as filiações, fato este mais uma vez que não foi feito, e aí?

Bem, depois de tanto papo furado para justificar o erro do erro, o absurdo do absurdo e a incompetência generalizada, se recorre ao órgão máximo eleitoral para justificar o injustificável.

Boa sorte aos irresponsáveis deste ato leviano com os 31 candidatos ao pleito de 2018 pelo PTB/DF e que o TSE – Tribunal Superior Eleitoral mantenha sua postura de órgão máximo na questão eleitoral e mantenha a ordem na casa, e a ordem é a lei.

“Algumas pessoas nunca cometem os mesmos erros duas vezes. Descobrem sempre novos erros para cometer!” – Mark Twain

Fonte: Informando e Detonando / Blog do Ulhoa

Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
Mandando bala na notícia, informando e detonando de uma forma que você nunca viu! Obrigado por acessar nosso blog!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -