21.5 C
Brasília
19/07/2024
InícioNotíciasDestaquesAeroportos de Dubai estabelecem novos padrões com previsão de inventário baseado em...

Aeroportos de Dubai estabelecem novos padrões com previsão de inventário baseado em inteligência artificial.

A ferramenta MRP garantiu a adesão a novas regulamentações, mantendo o compromisso do aeroporto com a excelência operacional e a conformidade regulamentar.

A Dubai Airports, operadora do Aeroporto Internacional de Dubai (DXB) e do Aeroporto Internacional Al Maktoum (DWC), revelou os resultados de sua ferramenta de Planejamento de Necessidades de Materiais (MRP, na sigla em inglês), alimentada por inteligência artificial (IA) e aprendizado de máquina, que transformou as operações de gerenciamento de suprimentos nos bastidores.

Essa abordagem inovadora melhorou os níveis de serviço, simplificou o controle de estoque e aumentou a eficiência operacional em toda a organização, contribuindo para uma experiência superior para os hóspedes do aeroporto.

No último ano, a ferramenta MRP ajudou a equipe de inventário a prever o consumo futuro de peças de reposição. Com as peças em mãos, foi possível executar prontamente ordens de serviço de engenharia, resultando em respostas mais rápidas de manutenção e menos interrupções para os passageiros do aeroporto.

O dispositivo MRP melhorou a precisão da previsão em 30%, permitindo um planejamento do estoque mais acurado e reduzindo seu excesso em 12%. Essa otimização melhora a utilização do capital e garante que os recursos estejam disponíveis quando necessário.

Emmanuel Augustin, vice-presidente de Gerenciamento de Suprimentos da Dubai Airports, disse: “Aproveitamos a IA e os dados em tempo real para simplificar nosso gerenciamento de estoque, melhorar a eficiência e a qualidade do serviço que prestamos aos nossos principais clientes, em nossas funções comerciais internas e aos milhões de passageiros que viajam pelo aeroporto”.

O ganho na previsão levou a um aumento de 24% nos níveis de serviço, permitindo tempos de resposta mais rápidos para a manutenção das instalações e melhorando a experiência geral dos hóspedes. A redução de 82% dos pedidos antigos garante que as tarefas de conservação sejam executadas prontamente, minimizando o tempo de inatividade e mantendo os altos padrões das operações aeroportuárias.

A automação do processo de pedidos de inventário ampliou a eficiência em 400%, integrando perfeitamente a criação de requisições de compra e reduzindo significativamente as cargas de trabalho manuais.

A ferramenta MRP garantiu a adesão a novas regulamentações, mantendo o compromisso do aeroporto com a excelência operacional e a conformidade regulamentar.

Fonte: WAM

Redação
Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários. Obrigado por acessar o portal!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -