10.5 C
Brasília
17/06/2024
InícioNotíciasDestaquesCentro atenderá 200 servidores da Saúde afastados por transtornos mentais

Centro atenderá 200 servidores da Saúde afastados por transtornos mentais

Na pasta, 22,6% dos afastamentos são por problemas como depressão e ansiedade

Um total de 200 servidores da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, afastados do trabalho por motivos de transtornos mentais e/ou comportamentais, receberão atendimento psicológico e participarão de projeto de pesquisa sobre as causas do adoecimento no trabalho. A previsão é de que os agendamentos comecem a partir de maio, e os atendimentos em junho.

O benefício é resultado de uma parceria firmada pela pasta, o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Brasília (SindSaúde) e o Centro de Atendimento e Estudos da Saúde do Servidor Público do Distrito Federal (Espaço NovaMente), que ofereceu o serviço sem qualquer custo. Um termo de cooperação técnica deve ser assinado nos próximos dias.

A iniciativa se torna essencial, conforme os dados da Saúde. Entre 2015 e 2017, foram registrados mais de 60 mil afastamentos de servidores. Destes, 22,6% correspondem a afastamentos por algum transtorno mental, como depressão, síndrome do pânico, ansiedade e estresse grave.

O secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, enalteceu a parceria e destacou a importância dessa assistência aos servidores. “Precisamos cada vez mais disponibilizar condições de trabalho e oferecer atendimento eficiente quando já ocorreu o adoecimento. Tive o prazer de conhecer ainda em janeiro o Espaço NovaMente e fiquei impressionado com a ideia”, afirmou.

“Essa iniciativa é um marco na gestão, pois os índices de absenteísmo são muito altos e não temos uma política de cuidado e prevenção para os trabalhadores da Saúde. É preciso cuidar de quem cuida. Essa parceria proposta pela NovaMente fortalece a linha de atenção à saúde do servidor que estamos elaborando para implementar em nossa gestão”, ressaltou a subsecretária de Gestão de Pessoas (Sugep) da pasta, Silene Almeida.

O encaminhamento dos profissionais será feito pela Sugep e a Diretoria de Saúde Mental (Dissam) da Secretaria de Saúde, que vão mapear nos núcleos de medicina regionais os trabalhadores afastados com mais necessidade de atendimento. O tratamento será oferecido pelo tempo que for necessário, na própria sede da NovaMente, localizada no Guará II.

PESQUISA – De acordo com o diretor técnico da NovaMente, psicólogo Lúcio Costa, mais do que cuidar das pessoas que atuam nos serviços voltados à saúde, é importante compreender os motivos dos transtornos mentais desses profissionais. Por isso, o centro iniciou um projeto de pesquisa das causas do adoecimento dos servidores públicos.

“A pesquisa é para entendemos o que tem acontecido para ocasionar esse processo de adoecimento nos servidores que atuam na ponta. Compreender essa realidade nos dá elementos para contribuir na qualificação de políticas públicas para o setor”, comentou Costa.

Acesse outras notícias da Secretaria de Saúde clicando aqui.

A​cesse a​ galeria de imagens da Saúde​ clicando aqui.

Fonte: IGESDF – Assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde / (61) 2017 1111

Redação
Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários. Obrigado por acessar o portal!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -