10.5 C
Brasília
20/07/2024
InícioNotíciasDestaquesEm 180 dias, 1.957 pacientes receberam cadeiras de rodas

Em 180 dias, 1.957 pacientes receberam cadeiras de rodas

Objetivo é atender toda a demanda reprimida

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal entregou, em 180 dias de gestão, 1.957 cadeiras de rodas ambulatoriais, de vários modelos, para pacientes atendidos em domicílio, cadastrados e avaliados pelo Núcleo Ambulatorial de Órteses e Próteses (Nupop). A aquisição foi feita por meio de pregão, na modalidade de registro de preços, no valor total de R$ 1.709.571,00.

Trata-se da maior entrega de cadeiras de rodas feita pela pasta em um único semestre, desde 2014 – ano que fechou com 3.765 entregas. Além disso, a título de comparação, a quantidade de 2019 é superior ao mesmo período em 2018, quando foram entregues 1.246 desses equipamentos.

“Dessa forma, conseguimos abastecer e atender à população nas suas necessidades, porque eram pessoas que aguardavam há muito tempo. Até o final do ano, acredito que iremos bater o recorde de entregas de cadeiras de rodas ambulatoriais para pacientes”, prevê a diretora de Programação de Órteses e Próteses da Secretaria de Saúde, Evelyn Heinzen.

Do total entregue este ano, a maioria (967) é de cadeiras de rodas para banho, utilizadas nas atividades de higiene corporal dos pacientes. Também estão na lista 354 equipamentos para paraplégicos, 319 para tetraplégicos, 192 monoblocos (convencionais) e 125 motorizadas. O quantitativo foi calculado tendo por base a necessidade de complementar o déficit dos produtos para atender os pacientes.

MAIS CADEIRAS – De acordo com a chefe do Núcleo de Produção de Órteses e Próteses da Secretaria de Saúde, Maria Fernanda Baciuk, a expectativa é de que mais 759 cadeiras de rodas, de vários modelos, sejam entregues aos pacientes da rede pública nas próximas semanas.

“Já iniciamos novos processos de aquisição de mais cadeiras de rodas, para os pacientes não ficarem desassistidos. Com esse processo, a intenção é contemplar o maior número de pacientes em espera”, afirma.

A aquisição das cadeiras é feita pela Secretaria de Saúde por meio de pregão, na modalidade de registro de preços. As empresas interessadas em vender esses e outros equipamentos para a pasta devem fazê-lo por meio de pregão. As propostas precisam ser cadastradas no site www.comprasnet.gov.br. É escolhida pela pasta a proposta de menor valor.

ENTENDA – O Programa de Órteses e Próteses, responsável pela distribuição desses equipamentos na Secretaria de Saúde do DF, existe desde 2007. A média de entrega depende da demanda de pacientes e da disponibilidade dos produtos em estoque.

Para se cadastrar, o paciente deve comparecer ao Núcleo Ambulatorial de Órteses e Próteses, situado na Estação do Metrô da 114 Sul, levando o parecer de um médico ou de outro especialista em saúde, indicando a necessidade de uso de algum equipamento de órtese, prótese ou outro meio auxiliar de locomoção.

No local, será agendada nova consulta com especialista para avaliar as especificações do produto requisitado. Após esse procedimento, será marcada a entrega do material.

Acesse outras notícias da Secretaria de Saúde clicando aqui.

Acesse a galeria de fotos da Saúde clicando aqui.

Para mais informações ou pedido de entrevista, envie um e-mail para [email protected]

Fonte: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde / (61) 2017 1111

Redação
Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários. Obrigado por acessar o portal!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -