28.5 C
Brasília
19/09/2021
InícioNotíciasDestaquesGeneral Manoel Pafiadache será o novo Secretário de Saúde do DF, anuncia...

General Manoel Pafiadache será o novo Secretário de Saúde do DF, anuncia governador

Por Cláudio Ulhoa

Ibaneis Rocha disse hoje, durante entrevista coletiva, que o novo secretário será nomeado ainda hoje. Osnei Okumoto voltará a ocupar o cargo de diretor do Hemocentro de Brasília

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), disse, nesta manhã (27/8), que o novo Secretário de Saúde, será o General Manoel Pafiadache. Ele vai ocupar do lugar deixado por Osnei Okumoto, que voltará agora  a ser o diretor da Fundação Hemocentro de Brasília.

Segundo o governador, a troca foi preciso, pois, a pandemia de Covid 19, principal assunto da Secretaria de Saúde nos últimos anos, exigirá do governo uma nova postura em relação ao combate da doença.

“Osnei conseguiu tocar durante um bom período a área da saúde. E vai ajudar o general Manoel Pafiadache nessa transição. Ele (Osnei) passou a manhã toda aqui na secretaria dando os elementos para as tomadas de decisões”, disse Ibaneis.

Governador avaliou que troca de Osnei Okumoto foi importante, pois o momento exige um “giro de chave” na gestão
Governador avaliou que troca de Osnei Okumoto foi importante, pois o momento exige um “giro de chave” na gestão

O novo secretário irá pegar a pasta num momento privilegiado, já que o DF se encontra em segundo lugar no ranking dos estados que mais vacinou sua população com a primeira dose. Por outro lado, Pafiadache irá pegar um cenário novo, pois as novas variantes do coronavírus, principalmente a variante delta, já começa a preocupar as autoridades, que decidiram pela aplicação de uma terceira dose nos idosos por precaução.

O novo secretário de Saúde do Distrito Federal, o general do Exército Manoel Pafiadache, apesar de ter a carreira iniciada como militar, atua em cargos ligados à saúde desde 2018. Ele chegou a ser diretor do Hospital de Base do DF e, até o momento, atuava como superintendente do Instituto de Cardiologia do DF (ICDF).

Nas palavras do governador Ibaneis, a mudança dos secretários é uma “troca de chave”, pois o governo irá a adentrar um novo ciclo de prevenção da doença, mas que ainda não permite a flexibilização das normas sanitárias.

“Eu precisava de alguém para assinar os processos dentro da secretaria para o prosseguimento dos serviços. Não é que eu desisti. Semana que vem, na segunda, terça, quarta e sexta vou atuar aqui. E isso vale muito mais que uma publicação como secretário”, afirmou o governador.

Ibaneis disse ainda que para esta nova etapa de sua gestão, cinco desafios estará em na ordem do dia: contratação de pessoal qualificado; insumos; infraestrutura; pagamento de débitos e credibilidade da gestão de saúde.

Fonte: DF Soberano

Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
Mandando bala na notícia, informando e detonando de uma forma que você nunca viu! Obrigado por acessar nosso blog!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -