11.5 C
Brasília
17/06/2024
InícioNotíciasDestaquesTahnoun bin Mohammed Al Nahyan: Um legado de serviço e dedicação

Tahnoun bin Mohammed Al Nahyan: Um legado de serviço e dedicação

Em 1977, ele se tornou vice-presidente do Conselho Executivo do Emirado de Abu Dhabi e presidente do Departamento de Agricultura e Municípios de Al Ain. Ele também foi nomeado pelo presidente dos Emirados Árabes Unidos como membro do Conselho Supremo do Petróleo em 1988.

O falecido xeique Tahnoun bin Mohammed Al Nahyan, que morreu nesta quarta-feira, foi o representante do governante de Abu Dhabi na região de Al Ain. Anteriormente, ele ocupou o cargo de vice-presidente do Conselho Executivo do Emirado de Abu Dhabi, foi presidente do Conselho de Administração da Companhia Nacional de Petróleo de Abu Dhabi (ADNOC, na sigla em inglês) e vice-presidente do Conselho Supremo do Petróleo.

Em novembro de 2018, a estrada entre Al Ain e Dubai foi renomeada em sua homenagem. O xeique Tahnoun é cunhado do xeique Zayed bin Sultan Al Nahyan por meio do casamento de sua irmã, a xeica Hessa, com o xeique Zayed.

O xeique Tahnoun bin Mohammed Al Nahyan foi um companheiro próximo do falecido xeique Zayed bin Sultan Al Nahyan e adquiriu valiosa experiência e conhecimento com o pai fundador do país. Tahnoun era muito envolvido nos assuntos de Al Ain e de seu povo, tendo atuado como representante do governante na região leste (atual Al Ain). Ele era um dos homens em quem o falecido xeique Zayed depositava absoluta confiança, tendo sido nomeado para seu primeiro cargo oficial em 11 de setembro de 1966 como presidente do Departamento de Agricultura e presidente do Município de Al Ain, apenas um mês após o xeique Zayed assumir o poder no Emirado de Abu Dhabi.

Xeique Tahnoun bin Mohammed Al Nahyan desempenhou um papel fundamental no estabelecimento dos Emirados Árabes Unidos, trabalhando em estreita colaboração com o xeique Zayed nos esforços que culminaram na declaração da União em 2 de dezembro de 1971. Antes da União, ele atuou como ministro dos Municípios e da Agricultura desde 1º de julho de 1971 e também foi nomeado representante do Governante na Região Leste do Emirado de Abu Dhabi em 9 de agosto do mesmo ano.

De acordo com um decreto Emiri de 8 de julho de 1972, ele foi nomeado membro do Conselho de Administração do Fundo Abu Dhabi para o Desenvolvimento e a Economia Árabe (atualmente conhecido como Fundo Abu Dhabi para o Desenvolvimento) e presidente da Companhia Nacional de Petróleo de Abu Dhabi (ADNOC) em 1973.

Tahnoun bin Mohammed Al Nahyan
Tahnoun bin Mohammed Al Nahyan

Em 1974, foi emitido um decreto nomeando o xeique Tahnoun como presidente do Departamento de Município e Agricultura em Al Ain. Quando a Autoridade de Investimento de Abu Dhabi formou seu Conselho de Administração, Tahnoun foi nomeado membro. Sua associação foi renovada posteriormente em 1980.

Em 1977, ele se tornou vice-presidente do Conselho Executivo do Emirado de Abu Dhabi e presidente do Departamento de Agricultura e Municípios de Al Ain. Ele também foi nomeado pelo presidente dos Emirados Árabes Unidos como membro do Conselho Supremo do Petróleo em 1988.

O xeique Tahnoun bin Mohammed Al Nahyan era conhecido por seus laços estreitos e comunicação direta com o povo de Al Ain. A maioria de seus cargos oficiais e seu distinto histórico de serviços prestados ao Estado e aos cidadãos se concentraram em seu trabalho na cidade, o que o tornou próximo das preocupações dos cidadãos e diretamente envolvido em suas alegrias e ocasiões.

Xeique Tahnoun teve dez filhos:

  • xeique Saeed bin Tahnoun Al Nahyan
  • xeique Hamad bin Tahnoun Al Nahyan
  • xeique Sultan bin Tahnoun Al Nahyan
  • xeique Mansour bin Tahnoun Al Nahyan
  • xeique Ahmed bin Tahnoun Al Nahyan
  • xeique Hazza bin Tahnoun Al Nahyan
  • xeique Mohammed bin Tahnoun Al Nahyan
  • xeique Theyab bin Tahnoun Al Nahyan
  • xeique Khalifa bin Tahnoun Al Nahyan
  • xeique Zayed bin Tahnoun Al Nahyan
  • Fonte: WAM
Redação
Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários. Obrigado por acessar o portal!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -