11.5 C
Brasília
17/06/2024
InícioNotíciasDestaquesBRB anuncia pacote de benefícios aos associados do SINDUSCON/DF

BRB anuncia pacote de benefícios aos associados do SINDUSCON/DF

Outros benefícios como valor único de R$ 1,40 na cobrança, tarifado apenas na liquidação; isenção da tarifa de folha de pagamento; e cartão de crédito PJ com anuidade de apenas 12 x R$ 20 é diferenciais.

 Banco BRB anunciou na terça-feira (14) a oferta de um novo pacote de valor para os clientes associados ao Sindicato da Indústria da Construção Civil do Distrito Federal. A novidade é resultado da renovação da parceria entre o Banco e o SINDUSCON/DF.

Durante reunião, que contou com a presença dos principais representantes do segmento empresarial da construção civil no DF, foi assinado acordo de cooperação técnica que atende à demanda das mais de 270 empresas associadas ao SINDUSCON.

Presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, destacou que a soma entre as carteiras PJ e imobiliário do Banco era de apenas 5% há quase 5 anos, e hoje  equivalem a 39%. “Nosso esforço para impulsionar a construção civil está relacionado ao impacto democrático que o setor tem na transformação de vidas por meio, principalmente, da geração de emprego e renda. Essa dimensão nos deu a oportunidade de ser verdadeiramente o banco de fomento e desenvolvimento do DF e região”, afirma.

Entre os destaques oferecidos aos associados estão as taxas competitivas. Capital de giro a partir de 1,85% a.m. para médias e grandes empresas e 1,90% a.m. para as demais; taxas especiais na maquininha BRBPAY a partir de 0,99% para o débito e 2,69% para o crédito à vista.

Outros benefícios como valor único de R$ 1,40 na cobrança, tarifado apenas na liquidação; isenção da tarifa de folha de pagamento; e cartão de crédito PJ com anuidade de apenas 12 x R$ 20 é diferenciais.

Avaliando a melhora do cenário econômico e a continuidade do ciclo de queda da taxa Selic, o presidente do Banco sugeriu que os empresários aproveitem as oportunidades de negócios que surgirão. “O Banco já concedeu empréstimos de R$ 12 bilhões nos dez meses que já se passaram em 2023. Para 2024, a meta é gerar muito mais crédito e, consequentemente, auxiliar o setor a alavancar muito mais a economia”, comentou Paulo Henrique Costa.

Fonte: BRB

Redação
Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários. Obrigado por acessar o portal!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -