15.5 C
Brasília
20/05/2024
InícioPolíticaCLDFEurípedes Júnior acreditava que jamais a mulher dele seria demitida por não...

Eurípedes Júnior acreditava que jamais a mulher dele seria demitida por não comparecer ao trabalho. Se lascou!

Por Toni Duarte

O “caça fantasma”, mecanismo ligado a Diretoria de Recurso Humanos da Câmara Legislativa detectou e teve que demitir a servidora Ariele de Oliveira Correia Coimbra, mulher de Eurípedes Júnior, Presidente Nacional do Pros. A exoneração dela deve ser publicada no diário Oficial da Casa nesta quarta-feira (15/05)

Ganhar sem trabalhar estar ficando cada vez mais difícil na Câmara Legislativa com a nova gestão comandada pelo distrital Rafael Prudente (MDB).

O programa caça fantasma, mecanismo ligado ao Departamento de Recursos Humanos, acendeu o sinal vermelho para a servidora Ariele de Oliveira, lotada na liderança do PROS, sob a indicação do bloco “DF Acima de Tudo”, formado pelo partidos PROS/PRB/PP.

Segundo apurou o Radar junto a Casa, a funcionária passou 20 dias nos Estados Unidos quando deveria estar trabalhando. Ariele é mulher de Eurípedes Júnior, presidente nacional do PROS. No cargo especial de gabinete (CL7 e mais os benefícios a servidora fantasma recebia mais de R$7 mil por mês.

A Diretoria de Recursos Humanos mandou sustar o último pagamento da servidora e recomendou ao setor de lotação a sua exoneração. A mesma medida tomada contra Arieli está sendo tomada contra outros “fantasmas”.

Veja documentos:

Fonte: Radar DF

Redação
Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários. Obrigado por acessar o portal!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -