19.5 C
Brasília
28/02/2024
InícioPolíticaCLDFSaúde do DF recebe R$ 36 milhões para ampliar número de cirurgias...

Saúde do DF recebe R$ 36 milhões para ampliar número de cirurgias e reduzir fila de espera

A secretária de Saúde do DF, Lucilene Florêncio, adiantou que a ideia é começar pelas cirurgias de menor complexidade e levar em consideração o tempo de espera e a gravidade da doença.

Na última terça-feira (14), a governadora em exercício do Distrito Federal, Celina Leão, formalizou a destinação de emendas parlamentares no valor de R$ 36 milhões para a rede pública de saúde do Distrito Federal. A iniciativa tem como objetivo reduzir a fila de cirurgias eletivas no sistema público de saúde da região. Com o valor, a previsão é realizar cerca de 25 mil operações, o que pode amenizar o número de pessoas que aguardam tratamento na capital federal, atualmente em torno de 30 mil.

Durante a visita à Câmara Legislativa do DF, a governadora entregou ao presidente da casa, Wellington Luiz, o pedido de destinação de crédito para a área de saúde. A verba será dividida entre deputados distritais, que investirão R$ 1 milhão cada, e recursos federais, somando um total de R$ 36 milhões. As áreas de ortopedia, urologia, histerectomia, colecistectomia, proctologia e oftalmologia serão impulsionadas.

A secretária de Saúde do DF, Lucilene Florêncio, adiantou que a ideia é começar pelas cirurgias de menor complexidade e levar em consideração o tempo de espera e a gravidade da doença. A previsão é que os primeiros 10 mil procedimentos custeados pelas emendas parlamentares sejam realizados até o final de março. Para garantir a transparência do processo, a Secretaria de Saúde utilizará o Complexo Regulador de Saúde.

Além do apoio para a redução da fila de cirurgias eletivas, o encontro entre os parlamentares e a governadora também discutiu outras questões relacionadas à saúde. A criação de um hospital de retaguarda para desafogar as unidades de pronto atendimento, o gargalo na contratação de anestesistas e a construção de uma Santa Casa em Brasília foram alguns dos assuntos abordados. O presidente da CLDF, Wellington Luiz, elogiou a parceria entre Legislativo e Executivo e afirmou que a Casa está de portas abertas para enfrentar todas as dificuldades relacionadas à saúde, independentemente de questões partidárias e ideológicas.

Fonte: Agência Brasília

Redação
Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários. Obrigado por acessar o portal!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -