22.5 C
Brasília
11/12/2023
InícioNotíciasSaúdeVigilância Ambiental atua em residências do Paranoá para eliminar focos do Aedes

Vigilância Ambiental atua em residências do Paranoá para eliminar focos do Aedes

Lote abandonado precisou ser aberto para equipe retirar larvas do mosquito

A equipe do Núcleo de Vigilância Ambiental do Paranoá realizou, nesta quinta-feira (30), uma série de ações pontuais na região administrativa, com o objetivo de eliminar focos do mosquito Aedes aegypti nas áreas residenciais.​

Na quadra 21, foi necessário abrir uma casa abandonada, que se tornou motivo de reclamações dos moradores alguns deles contraíram dengue devido à situação do local. A residência possuía vários focos do Aedes, como nas caixas d’água expostas, vasos sanitários abertos e vasinhos de plantas com água.

“Várias pessoas na quadra estavam com dengue. Fomos até o local, com o apoio da Administração Regional do Paranoá, para fazermos a limpeza. Desconectamos os canos das caixas d’água e as viramos, para não acumularem água da chuva. Fechamos as privadas e também limpamos em volta do lote”, detalha a chefe do Núcleo de Vigilância Ambiental do Paranoá, Zeneide Alves.

A ação se estendeu por outras quadras do Paranoá. No período da tarde, outra residência precisou ser visitada, desta vez pelo fato de a moradora ter acumulado vários bens inservíveis em sua propriedade. Com a autorização dela, foi possível fazer a retirada dos objetivos e limpeza do local. Além disso, poda de árvores e corte do mato alto também foram feitos em algumas residências.

“Tudo foi possível porque confirmamos dias antes a situação dos locais, para termos a certeza de que poderia ter focos do mosquito neles. Em uma situação específica, o dono de uma casa ficou sabendo antes e ele mesmo fez a limpeza. Em outra, precisamos ter uma conversa séria com o dono, com ajuda de uma psicóloga, porque ele era um acumulador”, informa Alves.

As ações do Núcleo de Vigilância Ambiental do Paranoá, em parceria com a Administração Regional do Paranoá, continuarão ao longo dos próximos dias nas residências para detectar novos focos do mosquito.

Acesse outras notícias da Secretaria de Saúde  clicando aqui.

A​cesse a​ galeria de imagens da Saúde​ clicando aqui.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde / (61) 2017 1111

Redação
Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários. Obrigado por acessar o portal!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -