24.5 C
Brasília
27/05/2022
InícioNotíciasDestaquesAno Eleitoral 2022 no DF

Ano Eleitoral 2022 no DF

O computador vai seguir o que tiver programado, pois ele não erra quem erra será o ser humano quem digitará ‘on line’, talvez por engano!!!.

A apuração dos votos atualmente segue com Boletim de Urna que aqui em Brasília tem aproximadamente 700 escolas públicas, cada escola terá em média com cinco seções eleitorais com até 400 votantes na lista, na sala ficam umas três pessoas e a urna.

Exemplo: 700 escolas vezes cinco seções, vezes até 400 votos, da o total de votos nos Boletins das Urnas que se encerra as 17 horas, então, aproximadamente 1 milhão e 400 mil votos no dia da eleição nas urnas, este exemplo é só para o DF a capital da república, pois a área aqui é micro e poderá ocorrer erros na apuração! Sim, sim, sim.

Nas 3.500 seções de votações, tem o coordenador fiscal e mesários, apos às 17 horas sai o primeiro Boletim de Urna, em cada uma das seções, assim segue em qualquer estado da federação, sendo que, de dentro das escolas é tirado cada boletim de cada urna após as 17 horas, só eles, dentro de uma sala, sem a presença de público, e ‘on line’ mandam para o TRE do estado  o total de votos de cada Boletim de Urna no seu estado.

Se o apurador (escrutinador / leitor) do boletim ‘errar’ o total de votos, ditar errado, por engano, de cada seção o TRE vai aceitar o que for dito ‘on line’, por eles dentro da escola de votação, então, como o voto não é impresso, como não está no modo antigo, os votos que eram escritos e ficavam arquivados com a letra do eleitor e na dúvida, havia recontagem, agora, vale a palavra dos TRE’s nos estados e do TSE em Brasília para divulgar o resultado.

Senhores, finalizando, até as 22 horas do dia da eleição, se anuncia o vencedor da eleição de Presidente da República, isso quer dizer que vale a palavra do senhor Ministro do TSE que presidir a eleição de 2022, que será o senhor Ministro Alexandre de Morais do STF, como não tem o comprovante do voto, em 2022 não poderá ser re-conferido, vale somente o Boletim de Urna que foi  ditado lá da região da votação, esclarecendo para todos, a nossa insegurança é se errarem na hora de lê o Boletim de Urna e remeter, ‘on line’, e por engano e/ou erros humanos, inverterem  o número de votos, trocando o voto do mais votado pelo menos votado.

O computador vai seguir o que tiver programado, pois ele não erra quem erra será o ser humano quem digitará ‘on line’, talvez por engano!!!.

Fica esta reflexão para esta eleição de 2022. Que Deus nos abençoe!

Ex-deputado distrital Gilson Araújo

Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
Mandando bala na notícia, informando e detonando de uma forma que você nunca viu! Obrigado por acessar nosso blog!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -