11.5 C
Brasília
29/05/2022
InícioNotíciasDestaquesDireito de resposta concedido ao deputado distrital Leandro Grass (REDE)

Direito de resposta concedido ao deputado distrital Leandro Grass (REDE)

Em recebimento do e-mail no dia 10/09/2021 às 19:19 hrs pelo senhor Ricardo Taffner Coordenador de Comunicação de telefone (61) 99115 5584. Segue direito de resposta do deputado distrital Leandro Grass (REDE) da matéria realizada pelo portal Diário do Poder do dia 08/09/2021 23:43 e atualizado 08/09/2021 23:55 e replicada por este portal.

Segue Direito de Resposta:

Um governo real para problemas reais

O Secretário de Comunicação do governo me acusa de espalhar fake news: A primeira, de que o GDF está pagando, com verbas da publicidade, blogs inexistentes; a segunda, de que o governador não estaria em Brasília durante as manifestações no dia 7 de setembro.

Ele pede que eu indique quais são os blogs fantasmas remunerados por sua Secretaria, mas sabe que já fiz isso em representação ao Ministério Público de Contas e ao Ministério Público do Distrito Federal, como veremos mais à frente. E tenta esconder que o governador não estava em Brasília no dia 6, quando foi irresponsavelmente liberado acesso de mais de 100 caminhões e outros veículos à Esplanada dos Ministérios, tendo voltado às pressas naquela noite. Também falaremos disso aqui.

Antes, porém, quero deixar claro que não nego a necessidade e a importância de o governo se comunicar com a população e informá-la, sendo a publicidade um dos instrumentos para isso. Entendo, porém, que a publicidade de governo deve privilegiar as campanhas educativas e de utilidade pública, e não, como vem acontecendo, as campanhas institucionais exaltando o governo e os governantes.

Considero correto e justo que os recursos da publicidade sejam destinados não só aos veículos com maior audiência, mas também à mídia comunitária e alternativa, que tem a capilaridade necessária para atingir públicos não alcançados pela grande mídia. Não aprovo, porém, que o critério para a veiculação de publicidade oficial seja a adesão editorial ao governo, como acontece na atual gestão, impedindo-se assim a livre circulação de ideias e de críticas à atual gestão.

Diante da responsabilidade que tenho de fiscalizar o Poder Executivo e a aplicação de recursos públicos, cabe-me, porém, verificar se os gastos estão sendo feitos dentro dos critérios de eficiência e efetividade.

Vamos aos fatos:

Em 22.2.2021 encaminhei uma representação ao Ministério Público de Contas e ao Ministério Público do Distrito Federal informando que a Secretaria de Comunicação realizava pagamentos para alguns sites que, naquele momento, não estariam ativos, com os prints da impossibilidade de acesso.

Naquela oportunidade, apontei que, das pesquisas que havia feito naquela data, os sítios estariam indisponíveis e pedi que o Ministério Público pudesse apurar se havia alguma conduta ilegal.

A resposta demonstra que há problemas. A Secretaria de Comunicação atesta que o portal marcosalexandre.net mudou a sua URL para https://www.portalimparcial.com.br/ em 01/09/2020. Contudo, não explica o motivo pelo qual pagou, no 4º trimestre de 2020, o valor de R$ 8.417,70 para um portal inexistente.

E mais, nesse mesmo 4º trimestre, veja só, a SECOM pagou o valor de R$ 2.946,19 para o Portal Imparcial. O Ofício nº 67/2021, encaminhado ao Ministério Público de Contas e ao MPDFT não mostra qualquer veiculação no Portal Imparcial no 4º trimestre de 2020. Nenhuma! Assim como seria impossível mostrar qualquer veiculação no portal marcosalexandre.net porquanto não seria possível, em razão da mudança de portal. Sendo assim, é claro que houve dispêndio de dinheiro público a blog que não existia! Isso é um fato incontestável.

Há outro problema, relacionado ao blog http://dogscatsepets.blogspot.com/. Quando da pesquisa feita por mim, o domínio sequer existia. A Secretaria informa, em seu ofício, que houve mudança de domínio, no mês de janeiro de 2021. Contudo, há diversas incongruências nos documentos comprobatórios encaminhados para a Secretaria para fins de pagamentos a esse portal.

O primeiro deles é que, em seus documentos, há referência à proposta de pagamento mensal, para veiculação de banners, no valor de R$ 45.600,00.

Isso, com efeito, remete à publicação diária de banners. No entanto, de acordo com os documentos comprobatórios, os tais banners foram veiculados por apenas 12 (doze) dias em todo o 4º trimestre de 2020.

E isso não sou eu quem diz, mas sim a própria documentação encaminhada pela Empresa. Ali destaca-se a publicação de tais propagandas entre os dias 2 e 7 de outubro e 6 a 11 de novembro. Ou seja, 12 veiculações com 1.422 impressões!

Pagou-se quase R$ 50.000,00 para 12 veiculações em um único trimestre. Esse gasto é eficiente, compatível com os objetivos da propaganda institucional? É isso que precisamos saber, Secretário.

Por fim, destaque-se ainda o fato de que em janeiro de 2021, mais precisamente no dia 29, o blog “dogs cats e pets” notificou a Secretaria no sentido de demonstrar que a sua URL havia sido modificada para Blog “Aqui tem Dicas”. No entanto, no relatório de pagamentos do 1º trimestre de 2021 ainda há superposição de pagamentos aos dois portais, sem esclarecer se o antigo portal havia veiculado peças institucionais.

Em síntese: É preciso esclarecer o motivo pelo qual a Secretaria pagou ao site www.marcosalexandre.net, em razão de veiculação de publicidade no 4º trimestre de 2020, quando este portal não mais existia. É preciso que isso seja esclarecido de forma urgente! Além disso, o Secretário precisa vir a público esclarecer se o valor de quase R$ 50.000,00 é um gasto eficiente para atingir 1422 impressões.

Assim, não há qualquer fake news!

Por fim e não menos sem importância, a nota do Secretário me ataca, diretamente, quando mencionei que o governador Ibaneis não estaria em Brasília no feriado de 7 de setembro..

Já estamos acostumados com as ausências do Governador. E isso é muito ruim, uma vez que demonstra o vácuo de liderança no Distrito Federal. Por vezes, o Governador está mais preocupado em indicar locais, em outras unidades da Federação, para receber recursos do obscuro Orçamento paralelo da União, onde coincidentemente o Governador tem propriedades.

O fato é que o governador estava fora de Brasília e aqui não estava quando os caminhoneiros furaram o bloqueio na esplanada. Até às 22 horas do dia 06/09 não havia notícia de que havia retornado. Voltou às pressas e ninguém sabe exatamente quando. No dia 07/09 não foi ao centro de gestão integrada acompanhar as manifestações, delegando ao vice-governador a tomada de decisões.

Ora, se tanto propala que aqui estava, porque não faz prova disso? Por que não mostra os relatórios de viagem de sua aeronave, para afastar, de uma vez por todas, as afirmações de que ele aqui não estava? Por que se vale de intermediários para dizer em que local estava? Se estava no Distrito Federal, porque não foi ao centro de monitoramento, uma vez que é ele, e não o Vice-Governador, o Chefe das Forças de Segurança do Distrito Federal? Que dia e hora retornou do Piauí? São perguntas sem respostas!

Reafirmo: o Distrito Federal tem problemas reais para resolver. Desde simples pagamentos de publicidade institucional a mais de 10.000 mortes pela Covid. Passa pela ausência de estrutura em diversas escolas à impagável dívida de mais de 350 milhões de reais do IGESDF.

O saldo de tudo isso é que não temos governo no Distrito Federal, não temos comando.

Infelizmente temos um secretário de comunicação que se empenha em atacar deputados e não responder à população.

Afinal, o que esperar de um Governador e um Secretário de Comunicação que, diante da prisão do ex-secretário de saúde, ficaram calados?

Tenho um conselho ao governador e ao secretário de Comunicação: TRABALHEM! Andem pelos hospitais, pelas escolas, no sistema de transporte, pelas cidades!

O DF precisa de um governo real para resolver os problemas reais. Chega de governador fake!

Segue link: Nota de Resposta – Leandro Grass

Matéria: Diário do Poder

Fonte: Ricardo Taffner Coordenador de Comunicação do gabinete do deputado distrital Leandro Grass (REDE) – (61) 99115 5584

Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
Mandando bala na notícia, informando e detonando de uma forma que você nunca viu! Obrigado por acessar nosso blog!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -