19.5 C
Brasília
28/02/2024
InícioNotíciasBrasilGovernador Ronaldo Caiado vê aberração em voto remoto para Reforma que nem...

Governador Ronaldo Caiado vê aberração em voto remoto para Reforma que nem foi publicada

Governador de Goiás compara pressa para aprovar PEC que muda tributação à compra de produto pela embalagem, sem ver conteúdo. Ronaldo Caiado, governador de Goiás, é o preferido dos goianos para ocupar a Presidência.

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil), voltou a criticar Reforma Tributária, em votação na quinta-feira (6), afirmando que a autorização de voto remoto para integrantes da Câmara dos Deputados apreciarem a matéria é mais uma aberração sobre a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 45/2019.

Ronaldo Caiado compara  a aprovação às cegas critica que defensores do projeto apoiado pelo governo de Lula (PT)  à compra de um produto a partir da embalagem, sem ver seu conteúdo. E considera que a matéria que afeta a vida e os bolsos dos brasileiros, mudando o sistema tributário no Brasil, não deveria ser submetido à apreciação, sem que seu novo texto seja publicado em sua íntegra, para garantir o debate qualificado na Câmara.

“A cada dia surge uma nova aberração em nome da reforma tributária. Agora, autorizaram a votação remota da PEC, que mexe com a vida e o bolso de todos. Querem aprovar um texto que sequer foi publicado na íntegra e sem um debate qualificado na Câmara”, afirma o governador goiano.

“Este é um sinal inequívoco de que os fiadores dessa reforma não querem que se conheça os detalhes do texto antes de ser aprovado. Estão fazendo as pessoas comprarem o produto pela embalagem, não pelo conteúdo. É o novo normal do parlamento”, conclui, em publicação pelo Twitter.

Fonte: Diário do Poder

Redação
Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários. Obrigado por acessar o portal!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -