20 C
Brasília
13/05/2021
InícioNotíciasBrasilSem força na CPI da Covid, governistas avaliam judicializar decisões do colegiado

Sem força na CPI da Covid, governistas avaliam judicializar decisões do colegiado

Ontem, Jorginho Mello (PL/SC), Marcos Rogério (DEM/RO) e Eduardo Girão (Podemos/CE) protocolaram um mandado de segurança no STF para tentar remover Renan Calheiros (MDB/AL) da relatoria da comissão. O caso será julgado pelo ministro Ricardo Lewandowski.

Por Wilson Lima

Sem maioria na CPI da Covid, senadores governistas já admitem que devem ingressar com várias ações no STF para questionar as futuras deliberações do colegiado.

Ontem, Jorginho Mello (PL/SC), Marcos Rogério (DEM/RO) e Eduardo Girão (Podemos/CE) protocolaram um mandado de segurança no STF para tentar remover Renan Calheiros (MDB/AL) da relatoria da comissão. O caso será julgado pelo ministro Ricardo Lewandowski.

Além desta ação, os parlamentares governistas já avaliam questionar no STF a parcialidade do presidente da Comissão, Omar Aziz (PSD/AM), após ele ter dado declarações contrárias ao governo e o cronograma de depoimentos, definido internamente pelos sete senadores independentes e de oposição.

Apesar de ter sido formatado ontem em reunião interna, o plano de trabalho da CPI ainda precisa ser aprovado pelos demais integrantes do colegiado.

Fonte: O Antagonista

Redação
Redaçãohttps://bloginformandoedetonando.com.br/
Mandando bala na notícia, informando e detonando de uma forma que você nunca viu! Obrigado por acessar nosso blog!

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias