Joaquim Roriz & Gilson Araújo

Desde os 14 anos que vivo na energia do amor, humildade, tolerância, caridade, fraternidade, nada me envaidece, sou simples, conheci luz elétrica com 14 anos, conheci TV aos 19 anos com meus 19 anos em 1967 só eu passei do Nordeste no concurso para Escola Militar / ESCOM-RJ, passei em 30 concursos, cheguei a ter seis mercados nos anos 70 até 1989, tive um escritório de contabilidade chamado CONTAU que ficava na W3 510 Sul com 120 firmas, meus pais me deram uma educação com muito amor, disciplina e responsabilidade, em 1984 dentro da Invasão do  Paranoá eu tinha dois mercados, eu chorava quando via aqueles esgotos na rua e um barraco com 16 famílias dentro usando um banheiro em filas para usar ele bem cedinho, aquilo me doía muito. Larguei toda riqueza que eu tinha e adotei o Paranoá ainda no Governo José Aparecido, o governador José Aparecido foi ótimo.

Antes de tudo isso José Aparecido junto com Benedito Domingos, atenderam a Prefeitura Comunitária e assinaram a Lei da fixação do Paranoá, e em frente ao meu mercado em 1987 às 6 horas da manhã, gastei todos os fogos do meu mercado e foi uma semana de festas. 

O Governador Roriz no terceiro dia de governo dele me conheceu e me convenceu a trabalhar com ele, a gente não explica Roriz, ele foi um ícone; uma nuvem celestial de bondade e generosidade, um Juscelino Kubitschek. Aí eu fiz um pacto com Joaquim Roriz, só iria trabalhar no seu gabinete se ele coloca-se o Paranoá na parte de cima, (onde está hoje), eu havia pago os mapas.

Ele só me disse assim: “Você pede lote de 10 por 20 de área de 200 metros quadrados, a área lá precisa ser reestudada, confie em mim”, palavras de Roriz. No ano de 1988 ele Roriz na mesma hora, ligou para o Presidente Sarney na minha frente e o Presidente determinou ao Ministro do Exército (Defesa) que em 72 horas eu me apresentasse ao Governador Joaquim Roriz e assim ele me colocou ao lado dele e com ele trabalhei 14 anos.

Depois o Governador José Roberto Arruda e Paulo Octávio me adotaram. No gabinete deles depois de 12 meses com Arruda eu estava muito cansado e eu passei 3 meses implorando ao Governador Arruda e ao Zé Humberto para me exonera do governo dele, porém ele Arruda, um dos homens mais inteligentes, sagaz, visionário, uma máquina de trabalho, neste momento Arruda briga comigo, dizendo que não me exonerava, jamais do seu Governo dele. Eu queria voltar a recomeçar minha vida com uma merceariazinha, meu patrimônio, nestes 40 anos foi todo embora, de 1980 até 1988, meus mercados bancavam todas despesas de projetos para salvar o Paranoá, pura realidade.

Está aí a Ponte JK (Lei 187/91) de Gilson Araújo; Lei Criação São Sebastião (Lei 467/93) de Gilson Araújo, a criação da cidade do Recanto EMAS que passei 18 meses mobilizando povos e em 1992 e 1993, para vocês terem uma ideia, um dia juntei 35 mil pessoas, o falecido Coronel Brochado filmou e Joaquim Roriz teve que atender a multidão e assim criou o Recanto das Emas. São milhares de ações e obras que viabilizei para o povo do Distrito Federal, está tudo documentado e testemunhado.

Mas tem um mistério nesta eleição de 2018 que eu não ganhei, tenho 1 mil parentes no Distrito Federal e amigos no DF, 3 mil pessoas zapeadas no meu telefone, só ontem recebi mil mensagens e ligações, pessoas chorando, e a urna só registrou 641 votos para Gilson Araújo. Minha campanha foi linda, com conteúdo, com propostas, mas estou feliz, tenho 2 livros para publicar, vou recomeçar minha vida no comércio para que eu dê emprego a quem trabalhou comigo, me preocupo muito com a Novacap, uma empresa pública que precisa ser repensada, bons funcionários, a empresa precisa urgente ser mais técnica, menos políticos lá dentro, tenho moral para falar de Novacap, Banco do Brasil, Exército Brasileiro, porque trabalhei em ambas corporações por concursos.

Vou escrever livros de auto estima misturando com sociologia, psicologia, com base nos 10% que a gente aprende na teoria da faculdade e os 90% que a gente aprende na pratica nas pancadas profissionais da vida. A dor aparece para nos alertar, refletir e evoluir. Parece piada eu ter apenas 641 votos quando minha família e amigos somam mais de 2 mil votos e ontem muitos choraram.

Algo de estranho que Deus vai me revelar o porquê? Qual é minha missão na terra?

Eu amo Brasília e o povo!

Abraço em todos,

Gilson Araújo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here